Ad
FotografiaTecnologia

Como verificar se uma imagem foi alterada digitalmente?

Quando você olha para uma foto profissional, as chances são de que ela tenha suportado sua parcela justa de retoques.

How To Tell If A Photo Is Photoshopped 1

E a menos que você esteja olhando para uma imagem que tinha acabado de ser capturada segundos atrás, é provável que já tenha sido submetida a alguma forma de alteração. As ferramentas de edição tornaram-se tão avançadas, que muitas vezes é virtualmente impossível identificar quais partes de uma foto foram alteradas.

Felizmente, se você está verificando fatos ou examinando imagens por pura curiosidade, há identificadores para distinguir o que é real e falso. Abaixo estão algumas maneiras rápidas de fazê-lo.

Cuidado com detalhes estranhos ou não naturais A maneira mais óbvia de procurar detalhes photoshopped, é claro, é ver se a imagem parece natural.

A foto acima é um exemplo extremo de uma imagem que foi fortemente “aprimorada” — se você pode mesmo chamá-la assim. Há áreas na imagem — particularmente perto da cintura ou rosto de um modelo — que parecem especialmente embaçadas ou pixeladas?

Ad

Este é um sinal de que foi alterado com ferramentas liquefazeres ou de escovação aeródromo. Verifique também se os padrões ao redor parecem distorcidos. Outra maneira de detectar imediatamente alterações é estudar as sombras e destaques da imagem e observar se eles são contra a lei da física.

Os internautas têm uma relação de amor e ódio com “Photoshop fails”, e provavelmente já são profissionais na identificação de trabalhos mal feitos através dessas pistas. No entanto, pode haver casos em que detalhes que parecem adulterados são simplesmente resultados de iluminação incomum, ou até mesmo uma mancha em uma lente de câmera.

How To Tell If A Photo Is Photoshopped 2

Para uma análise mais aprofundada, considere ferramentas de verificação como o FotoForensics, um verificador gratuito e rápido que detecta possíveis anormalidades nas fotos.

Ad

No caso do FotoForensics, afirma funcionar semelhante a um microscópio, destacando elementos facilmente perdidos pelo olho humano.

Ele também é executado em um algoritmo de Análise de Nível de Erro (ELA) que aponta inconsistências na taxa

de compressão JPEG, que pode se traduzir como texturas ou bordas que parecem um pouco fora. Para usar a ferramenta, basta carregar uma foto e deixá-la fazer o resto do trabalho. Vale a pena notar, no entanto, que esta ferramenta forense não aponta explicitamente erros.

Ele simplesmente oferece pistas para ajudá-lo a fazer inferências mais informadas.

[via ScienceAlert , Lifehack , imagens através de várias fontes]

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Ad
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o seu bloqueador de anúncios para prosseguir. Obrigado!