Ad
Design GráficoNovidades

Design por computadores: como a IA está mudando o setor de design gráfico

Não há como negar que a inteligência artificial (IA) é uma das maiores tecnologias da geração atual. Possui um enorme potencial em domínios como saúde, educação, fabricação, etc.

No entanto, para surpresa de todos, a IA também encontrou um aplicativo na arena criativa. Por exemplo, os desenvolvedores de aplicativos móveis estão usando a IA para criar uma melhor experiência do usuário para aplicativos móveis .

Há também uma ampla variedade de softwares de design gráfico que utilizam a IA para criar designs complexos. Então, estamos à beira da revolução da IA ​​no espaço do design?

Vamos discutir.

adobe logo inteligencia artificial no design grafico designe
adobe logo inteligencia artificial no design grafico designe

Conteúdo elaborado em parceria com a Accunite Solutions .

Ad

A ascensão da IA ​​no design gráfico

A IA amadureceu muito hoje. A maior conquista da tecnologia pode ser vista no design de logotipos. Afinal, foi uma combinação perfeita desde o início.

Tome Tailor Brands , por exemplo. É um designer de logotipo altamente avançado baseado em IA que pode produzir logotipos atraentes e exclusivos para empreendedores. Claro, ele não pode coincidir com o trabalho de designers humanos, mas é rápido, acessível e oferece muitos recursos personalizáveis.

Mais importante, ele pode imitar um designer humano, entendendo seus requisitos de design.

Ad

Alguns anos atrás, um aplicativo de software que pode processar requisitos humanos para um design gráfico como um logotipo era simplesmente inédito. Isso ocorre porque geralmente é algo reservado à inteligência emocional do ser humano.

Existem muitos exemplos de gigantes da tecnologia também usando inteligência artificial. Por exemplo, a nova ferramenta de inteligência artificial da Adobe, Sensei, usa aprendizado de máquina para facilitar a criação das experiências perfeitas para os clientes por meio de recursos visuais.

Ele pode funcionar como seu assistente quando você faz trabalhos criativos e ajuda a obter efeitos fotorrealistas, encontrar o conteúdo certo com uma pesquisa intuitiva e muito mais.

Esses exemplos mostram que a IA não apenas entrou no espaço do design digital, mas se tornou um componente indispensável para dar uma nova direção ao setor.

Isso nos leva a outra questão importante:

A IA pode substituir designers?

As ferramentas de IA estão na moda hoje. No entanto, a boa notícia é que os designers gráficos não precisam ter medo deles. Isso ocorre porque, pelo menos nesse estágio, a IA pode servir apenas para facilitar o design gráfico.

As ferramentas de IA podem limitar o trabalho dos designers gráficos e executar tarefas repetitivas para eles, para que possam se concentrar na imagem maior. Em outras palavras, a IA não substituirá os designers, mas apenas trabalhará como seus assistentes. Pelo menos é o que podemos supor por enquanto.

Isso ocorre porque existem algumas limitações importantes da IA ​​hoje:

1) Compreendendo nuances que vêm naturalmente para os seres humanos

A IA já percorreu um longo caminho hoje, mas está longe de ser comparável à inteligência humana. Isso ocorre porque nós humanos temos inteligência emocional que a IA não possui.

Somos capazes de entender a linguagem corporal, as mudanças sutis na voz e no tom e as mensagens que recebemos quando lemos nas entrelinhas. Esse entendimento de nuances comuns está ausente na IA.

Portanto, pode ser difícil fazer um software de IA entender o que realmente queremos quando existem sutilezas no design.

Ocasionalmente, pode acontecer que você estabeleça os requisitos para uma interface simples de site ou design de aplicativo que tenha uma certa conotação, mas o programa de IA que você está usando o interpreta de maneira diferente.

2) Originalidade

O que nos torna humanos especiais é a nossa capacidade de imaginar. Muitos gênios que pisaram na face da Terra criaram músicas, pinturas e poemas que são simplesmente fora do mundo e não podem ser replicados. A IA não tem esse tipo de capacidade – ela não pode imaginar.

3) Toque humano

Sabemos que o comércio eletrônico explodiu hoje. No entanto, muitas pessoas ainda preferem fazer compras em lojas locais.

Isso ocorre porque eles obtêm uma experiência personalizada ao fazer compras off-line – o proprietário amigável da loja pode entender seus requisitos e fazer recomendações de uma maneira que não pode ser comparada a um serviço on-line.

O mesmo princípio pode ser visto no design gráfico. Existem muitos empreendedores que desejam um toque humano, um ser humano que pode ouvir seus problemas e criar projetos que atendam adequadamente às suas necessidades.

Bottom line de AI e design gráfico

A inteligência artificial é uma tecnologia poderosa e não há escassez de seus méritos. Ele interrompeu muitas indústrias e podemos ver mais conquistas no futuro, à medida que a tecnologia se aproxima da inteligência humana.

Dito isto, a IA ainda depende bastante de nós e requer contribuições de designers gráficos para executar a maioria das tarefas. Portanto, por enquanto, a IA simplificou o design gráfico em grande parte, pelo menos para pessoas que não têm experiência em design.

No entanto, para aproveitar todo o seu potencial, precisamos esperar um pouco mais.

Carl Dean é um escritor de conteúdo freelancer especializado em tópicos de conteúdo que abordam tecnologia e IA. Carl se identifica felizmente como um nerd – é um distintivo de honra para ele. Quando não está escrevendo, Carl pode ser encontrado anexado ao seu Xbox, seu jogo favorito no momento é Doom Eternal.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Ad
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o seu bloqueador de anúncios para prosseguir. Obrigado!