Design

5 Erros comuns que os Designers cometem

Os líderes de design da Ikea e da Deliveroo compartilham suas dicas.

Há muito poucos designers lá fora que podem alegar que nunca cometeram um erro. Afinal, errar as coisas faz parte do processo de aprender e se tornar o melhor designer que você pode ser. Mas quais são alguns dos erros mais comuns que os designers cometem?

Falando no Inside the Minds of Design Leaders, um webinar da ferramenta de design de interface Figma, Stuart Frisby, diretor de design da Deliveroo, e Karolina Boremalm, Global Experience Design Operations na IKEA Retail, compartilharam alguns dos erros mais comuns que encontraram ao longo de suas carreiras – e como evitá-los.

01. Tentando fazer muito

tentando fazer muito dicas para designers

Boremalm deu um exemplo recente do mundo real para demonstrar o perigo de tentar empinar muita informação em um design – especialmente um que deveria ser informativo. “Estou de férias, e recentemente visitei uma das mais famosas redes de hotéis do mundo. Eu vi um pôster explicando as diferentes opções de quarto, e não conseguia entender nada. Em vez de simplesmente mostrar as diferenças, ele listou cada característica de cada quarto e o preço.”

Com informações menos importantes retiradas, o design poderia ter sido muito mais fácil de seguir. “Não tente fazer tudo”, diz Boremalm. “Dê informações suficientes para que eu possa seguir em frente em vez de me dar tudo de uma vez.”

Ad

02. Perseguindo a perfeição

“Uma das coisas que mais vejo”, diz Frisby, são os designers “focando demais na pureza da produção”. Ao perseguir a ideia de trabalho “pixel perfeito” e “pureza no design”, um designer pode se concentrar excessivamente em algo que é difícil de superar.

Em CVs, por exemplo, Frisby não está apenas procurando perfeição. “Estou procurando alguém que possa equilibrar um monte de objetivos concorrentes. Como tentar fazer um bom trabalho de design ético, ser consistente, ser familiar e novo – o equilíbrio é o que faz bons projetos. Focar em qualquer uma dessas coisas em excesso pode torná-lo cego para o contexto mais amplo do trabalho.”

04. Portfólios “antiquados”

portfolio antiquado

Talvez surpreendentemente, Boremalm e Frisby questionaram o mérito de simplesmente fornecer um “grande conjunto de gráficos” ao se candidatarem ao trabalho de design. Boremalm chamou esse tipo de portfólio de “um legado das agências de publicidade”, com muita ênfase em “bons pôsteres”.

Ad

“Meus pensamentos sobre carteiras é simplesmente não fazê-los”, disse ela. “Como gerente, estou completamente desinteressado em ver o que você realmente produziu. Eu quero ver o que você estava pensando quando você tem o desafio, como você colaborou com as partes interessadas, o que você tem que priorizar com base no escopo, orçamento, etc.”

Embora Frisby argumentasse que as carteiras são uma parte importante da avaliação inicial de um candidato, ele concordou que o contexto mais amplo do trabalho é difícil de transmitir. “Eu concordo que a noção antiquada não é o que eu quero – não quero um grande conjunto de gráficos. Quero o contexto com o trabalho. Podemos chamá-los de carteiras, mas quero ver estudos de caso mais do que carteiras – as decisões, as restrições, a equipe.”

05. Não ser explícito com seus objetivos de carreira

De acordo com Frisby, é fácil para os designers ter uma ideia excessivamente estreita de como eles querem progredir em sua carreira. “Não simplesmente planeje sua carreira em torno de se tornar um designer de princípios em um curto espaço de tempo possível”, aconselha. “Pense no contexto de sua própria carreira, não na única pessoa em sua carreira que pulou para o princípio em dois anos – isso é extremamente raro. Seja explícito com seus próprios objetivos de desenvolvimento e o que o sucesso significa para você.”

“O que você quer fazer com sua vida?” Boremalm pergunta. “O que é sucesso para você? Se isso significa se tornar um CEO, legal. Mas há outras maneiras de ter progressão na carreira. Pense no que você quer fazer – você precisa estar em sintonia com o que você quer fazer e o que o crescimento significa para você.”

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Ad
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o seu bloqueador de anúncios para prosseguir. Obrigado!